Resultados da pesquisa por: cap toe

Customização: faça seu próprio cap toe neon

Sabe aquele sapato estiloso com a ponta de outra cor? Clássico de Coco Chanel e febre no último verão europeu, ele ganhou repaginada neon para esta temporada de calor no Brasil, além de continuar em algumas coleções no hemisfério norte. O cap toe, como é chamado, é irreverente, ousado, e dá um charme especial ao look. Porém, nem sempre encontramos o modelo ou a cor que desejamos, certo? E a notícia boa é que para este dilema fashion há uma solução fácil, bem pertinho de você: a customização. Para transformar qualquer sapato em cap toe você vai precisar apenas de fita adesiva, tinta para couro ou para tecido (dependendo do material do seu sapato), uma lapiseira, folhas para proteger o chão onde você fará a pintura, e régua. Veja a seguir o passo a passo com fotos, e faça você mesma!!!

Escolha um sapato monocromático, da cor e modelo que desejar. Ele deve estar bem limpo e seco

Separe tinta spray para couro ou para tecido (dependendo do material do seu sapato – o meu era sintético, então separei spray para tecido), fita adesiva, folhas de papel, lapiseira e régua (esta não está na foto)

Marque com um pequeno risquinho de lápiseira (com a ajuda da régua) cerca de 2 centímetros da curva do sapato em relação a ponta do pé

Proteja com a fita adesiva as áreas onde não vais pintar, incluindo o solado. Aperte bem a fita, para que a tinta não escorra pelas frestinhas dela (caso esteja mal colada)

Passe o spray na ponta do sapato. Espere secar, e passe outra demão (duas são o suficiente)

Deixe o sapato secar por algumas horas sem retirar a fita. Somente depois de seco, retire-a rapidamente

Pronto, aí está o resultado, já nos meus pés!!

Outras cores e modelos para você se inspirar

Looks com cap toe

Coconut lança sua belíssima coleção Summer 2016

Em clima tropical, com presenças VIP, canapés exóticos e drinques refrescantes, a Coconut Outlet lançou no entardecer desta sexta-feira (6) sua coleção de verão 2016. Para quem já conhece os calçados e bolsas da loja da querida Lê Lima (na Avenida do Imigrante, 274, em Santa Cruz do Sul), nem preciso dizer que as novas peças são bafônicas, de babar – uma mais linda do que a outra, foi realmente difícil escolher minhas preferidas!!! Meu destaque vão para as mules de spikes Valentino inspired (acabei levando uma nude!), scarpins cap toe Louboutin inspired, sandálias gladiadoras, espadrilles em jeans e pedrarias, alpargatas nesta mesma proposta, sapatilhas cheias de bordados ou pedrarias, bolsas saco e mini bags. Mas claro que há muitos outros modelos, em variadas cores, alturas de salto e estilos.

A equipe Coconut está realmente de parabéns pela escolha da coleção, pelo evento impecável e pela simpatia com a qual sempre atendem as clientes e amigas. Para mim foi uma imensa honra ter sido escolhida uma das embaixadoras da coleção e participar deste badalado lançamento. Aliás, além dos calçados as meninas também puderam conferir as roupas da Studio Moda, também muito lindas. Para a ocasião vesti uma saia listrada (tendência do verão), summer boot e peep toe de couro. Fiz vários cliques do povo lindo que apareceu por lá, das peças e desta festa top. Confira a seguir:

Loja: Coconut Outlet – Av. do Imigrante, 274 – Santa Cruz do Sul / Roupas: Studio Moda / Coquetel: Mariana Almeida / Drinques: Dragões de Ellite

123567891011121315161718192021222325262728293031323334353637IMG_6963IMG_6964IMG_6975IMG_6976IMG_6978IMG_6979IMG_6980IMG_7015IMG_7030IMG_7016IMG_7031IMG_7017IMG_7021IMG_7022IMG_7025IMG_7023IMG_7044IMG_7049IMG_7042IMG_7045IMG_7046IMG_7047IMG_704812190082_694299130706456_3180767865461952213_n11260689_694299320706437_4713062199842509690_n12196213_695030580633311_9203222957362752191_n12193587_694300177373018_6611813109368334051_n

Look: jardineira de couro + body pied de coq

Quem imaginou que as funcionais jardineiras usadas por operários no início do século 20 se tornariam peça obrigatória no armário das fashionistas? Também chamado de macacão, o item foi difundido na moda na década de 40 e 50, depois de ter aparecido na época das duas grandes Guerras Mundiais, em jeans. Atualmente as jardineiras são fabricadas nos mais variados materiais, e a cada temporada um tipo de tecido entra em foco. Se no último verão o jeans e a sarja foram os queridinhos, neste inverno o couro e oxford são os preferidos. Minha aposta para este domingo foi justamente um modelo em couro vegetal preto. Como fez um calorzinho aqui pelo sul do Brasil, pude usar apenas um body (de estampa pied de coq) por baixo, de mangas 3/4 e um scarpin cap toe. O resultado vocês conferem nas fotinhos abaixo + sugestões de como usar jardineira/macacão:

123478910111213

Fotor1202124031o-macacao-preto-de-malha-usado-por-clara-giovanna-antonelli-na-novela-em-familia-fez-sucesso-com-o-publico-da-globo-mas-so-estara-a-venda-em-agosto-tambem-na-alphorria-a-seguir-veja-1403006264914_740x500jardineira-de-couro

 

Look do dia: bomber, alfaiataria e blusão de lã

Outro dia já havia falado aqui no blog sobre a febre das jaquetas bomber (com punhos de elástico e shape arredondado), certo? Como várias leitoras me pediram para mostrar um look com a tal tendência, hoje atendo a sugestão, provando que, apesar do estilo esportivo da bomber, misturada a peças mais elaboradas ou clássicas, ela pode ficar até requintada. Os escolhidos para a produção foram: uma jaquetinha com estampa píton + calça flare de alfaiataria + blusa de lã. Optei pelo vermelho para sair da comum combinação de animal print com preto ou branco. Um toque de estilo com uma bolsinha de tachas a tiracolo e um scarpin cap toe, e está pronto o look! Nada muito exagerado, nem muito “largado”, né? A dica, então, de como usar esta jaqueta é abusar do contraste entre o feminino/sofisticado e o aspecto esportivo, coordenando-a com tecidos mais elaborados, como a alfaiataria, a renda, o couro e um salto alto. Para um estilo mais despojado, vale combiná-la com um belo jeans e camiseta branca.

Nota: Também chamada de “aviador”, a jaqueta bomber surgiu pela primeira vez em 1930, inspirada nas roupas usadas pelos pilotos americanos da Segunda Guerra Mundial. A empresa Schott Bros foi a responsável pelo modelo, a pedido da Força Aérea. Depois de Tom Cruise aparecer com uma bomber no filme Top Gun, em 1986, ela foi para as ruas do mundo todo, consagrando-se no mundo da moda. Sucesso nos anos 90 nos colégios, voltou a aparecer em 2012 nas passarelas européias, com estilistas como Isabel Marant, Burberry e Chloé, com uma pegada de estilo e personalidade.

IMG_9599????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????IMG_9611IMG_9616IMG_9617?????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????

Look: conjuntinho de cropped top e saia

Para a produção de hoje resolvi apostar em uma tendência bastante polêmica, mas que, inegavelmente, dominou o universo fashion: o cropped top. Ele nada mais é do que uma blusa curta usada com saia, short ou calça de cintura alta, de maneira que uma faixa da barriga fique aparecendo. Nada de mostrar o umbigo, como foi tendência na década de 90!!! O cropped repaginado deixa em evidência apenas um pedacinho da pele, na altura do estômago. Meu look de hoje é um conjunto de saia lápis e cropped de tricô, scarpin cap toe de metal, maxicolar e uma bandolera vermelha. Vale lembrar que os conjuntinhos, cap toes e bandoleras também são febre entre as fashinoistas. Veja só minha produção, dicas de como usar o cropped, e fotos de famosas que aderiram ao hit:

1IMG_3254IMG_3256IMG_3257IMG_3259IMG_3260IMG_3248IMG_3255

  **COMO USAR O CROPPED**
* Para um look mais refinado, dê preferência às peças de alfaiataria e conjuntinhos (blusa e saia ou calça iguais). Boas opções são as saias lápis ou calças pantalonas de cintura alta com um top cropped.
* Para um look mais descontraído (praia, campo ou encontro com os amigos durante o dia) abuse dos shortinhos, saias rodadas e das estampas.

* Para a noite (balada, jantar), prefira peças metalizadas, bordadas, brocadas, rendadas, que estão em alta. Vale também escolher uma blusa cropped de manga comprida, em parceria com uma mini saia, por exemplo, equilibrando as partes.

* Se você está acima do peso ou é baixinha, escolha peças escuras e sapato de salto alto, de preferência nude (que “alonga” as pernas)
Apresentação133ttt

Sapatos inverno 2013: tendências quentes

Qual é a mulher que não aaaama um sapato? Desconheço uma!!! Então vamos a uma pequena seleção de sapatos que fiz pelas vitrines de Granada, Espanha, já com a moda outono/inverno 2013 européia. Os calçados estão aparecendo nos mais variados materiais: couro, verniz, camurça, tecidos (da lã ao cetim). E sabe o que mais? Assim como nas roupas, surgem cheeeeeios de aplicações de cristais, spikes, tachas, laços e fivelinhas, além de detalhes originais, como saltos psicodélicos, ponta de outra cor (cap toe) e linhas inovadoras. Botas, peep toes, scarpins e modelos com uma tira no tornozelo (e outra diagonal) são as apostas das grifes. Quanto à cartela de cores, as eleitas são o preto, vermelho, verde musgo, nude (variações do marrom ao caramelo) e metalizados. Veja só alguns sapatos – e duas bolsas saco, tendência sobre a qual também já falei aqui no blog – que separei para adiantar o quem vem por aí…

Peep toe de camurça com tachinhas

Os metalizados estão em alta, assim como os oxford repaginados (com salto e bico fino)

O vermelho e vinho, cores da temporada, também surgem nos calçados (repare no modelo com tira na diagonal)

Por falar em vermelho, que tal este cheio de cristais e spikes?

O mesmo aparece em azul marinho, um dos poucos que encontrei desta cor

Os sapatos de inverno estão cheios de detalhes

Os cap toes continuam na moda, assim como já foi no verão

Saltos inovadores e exagerados marcam a temporada

Tachas: a grande trend do momento

Verniz e detalhes em tecido

As botas também ganham tachas e spikes

Que tal estas bolsas saco super fofas para acompanhar os sapatos?

Pele mais bonita depois da harmonização facial

face_1

Depois de realizar uma reeducação alimentar e intensificar as atividades físicas em meados de 2017 (como contei aqui), neste começo de ano chegou a vez de pensar no rosto. Foi quando resolvi fazer uma criteriosa avaliação para saber o que poderia melhorar, de forma natural, sutil e saudável – não curto exageros, nem artifícios drásticos, mas acredito que atualmente há vários recursos para nos deixar mais bonitas/felizes.

Procurei a biomédica Viviane Nagel – que atende em Santa Cruz e em Gramado, com um currículo respeitável – para realizar uma “harmonização facial” – veja vídeo do processo AQUI. O termo, em alta na estética, é um processo pelo qual você realça traços, tonifica e hidrata a cútis, além de eliminar e/ou prevenir linhas de expressões e características indesejáveis – como as olheiras, por exemplo! Já na primeira consulta ela analisou minha pele com uma luz ultravioleta, para ver os danos sofridos por fatores externos/internos.

Conversamos bastante, não só sobre a pele, fatores que influenciam em seu aspecto e saúde, como a respeito de alimentação, sono e qualidade de vida. Tudo isso porque a profissional, que, além de formação em biomedicina estética, tem especialização em na área ortomolecular, também se preocupa com a saúde geral da paciente – claro, é “matemático”: para estar bem por fora, você precisa estar “ok” por dentro!!!!

CRITERIOSA AVALIAÇÃO – O legal da Viviane é que ela fotografa todas expressões do nosso rosto (sorriso, biquinho, cara de brava, etc), com uma câmera profissional, depois amplia no computador e discute conosco cada detalhe a ser melhorado. Lógico que a decisão final sobre o que, como e quando realizar é da paciente, mas ela sugere, de forma bem honesta, quais os tratamentos mais eficazes e específicos para na melhora nossa arquitetura facial. Um diferencial!!!

As possibilidades são inúmeras, de acordo com as reais necessidades de cada paciente: peelings, luz pulsada, microagulhamento, liftings, intradermoterapia, preenchimento com ácido hialurônico, toxina butolínica e outros. Eu comecei com um peeling de Jessner, quimioesfoliação média para atenuar o fotoenvelhecimento e hiperpigmentações (manchas). Depois realizei alguns pequenos preenchimentos e redução de olheiras com ácido hialurônico, e, por fim, prevenção de sinais/expressões com toxina butolínica.

Fiquei muito satisfeita com o resultado, pois meu rosto melhorou de forma sutil, não senti dor, não me senti inchada ou com aquela impressão de quem se encheu de artifícios, sabe? Pelo contrário: foi tudo muito natural, apenas para realçar meus traços. Veja aqui o resumo da harmonização facial.

Saiba mais sobre a Viviane Nagel Clínica Biomédica

1IMG_0647

3

Não dói quase nada!!!! Viviane usa uma caneta de gelo para anestesiar a pele

5

SSGI4773

Uma das mudanças: testa e olheiras

IMG_1347

Viviane Nagel e Maíra Assmann

face_

Look e festa: casamento em Minas Gerais

Mais uma festa inesquecível, mais um casal que se formou! Desta vez o casamento foi dos amigos mineiros Isabela e Rafael, na cidade de Conselheiro Lafaiete – a 100 km da capital, Belo Horizonte – no último sábado (31/11). A cerimônia começou no final da tarde, no bonito espaço de eventos Santa Cuia, e foi até a madrugada com pista de dança lotada. No espaço externo teve show de samba de raiz, apresentação de cantores executando clássicos do pop rock e um DJ tocando as melhores dos anos 80 e sucessos atuais. Muitas bebidinhas, coquetel, doces e animação. Enquanto isso, no salão interno eram servidas entradas, um jantar à francesa e sobremesas feitas na hora, na frente dos convidados. Tudo cuidadosamente organizado e bem pensado.

Aproveitamos bastante a noite com os amigos que fizemos na época em que moramos em São Paulo. Aliás, foi neste período que conhecemos o noivo. A história dele e de Isabela começou na adolescência, quando namoraram em Lafaiete. Depois de alguns anos separados, se reencontrarem e resolveram construir a vida juntos. Bacana, né? Ahhh, e uma outra parte fofa desta história é que eles adotaram o buldogue Logan, quem levou as alianças para o altar no casamento! Tudo estava muito lindo, os noivos estão de parabéns e merecem toda a felicidade do mundo.

Para este casamento escolhi um longo de renda verde Tiffany, comprado na minha recente ida a São Paulo. Os brincos e pulseiras foram em cristais furta-cor, a clutch dourada e a sandália nude. Ah, e os cabelos exuberantes e make foram uma produção do Sergio Souza e sua equipe queridíssima do Studio Gloss. Veja os cliques:

1234567891010a11121314151617181920212223242728