Como perdi 8 kgs (e gordura!) em 2 meses

1Depois que escrevi este título, até me senti naqueles comerciais milagrosos de programas de emagrecimento. Mas juro que não consigo pensar em outra chamada, pois foi, de fato, o que aconteceu comigo de julho a setembro: reduzi gordura corporal até chegar no meu ideal, e com isso eliminei 8 quilos em apenas 2 meses!!! Sem contar que diminuí muuuuitos centímetros das minhas medidas.

Milagre? Claro que não! Foi aliando plano alimentar de nutricionista + plano de treino de um profissional de educação física + esforço pessoal que consegui ótimos resultados para melhorar minha saúde e bem estar (isso foi o principal!). Fernanda Sontag, especialista em nutrição funcional e esportiva, me passou um cardápio low carb (pouco carboidrato), sem glúten e lactose, à base de gorduras boas, verduras, frutas, farelos, oleaginosas, sementes e proteína. Cortou o glúten (que provoca inflamação e inchaço) e a lactose. E tudo começou com um fim de semana de detox (sexta, sábado e domingo), ingerindo somente frutas, sucos e verduras cruas, para “limpar” o organismo.

Paralelo ao cardápio com foco na redução da gordura e das “dobras”, o personal trainer Juliano Peçanha organizou uma agenda de dois treinos diários (cardio e força), inclusive nos finais de semana, incluindo musculação, corrida, treinamento funcional e muay thai.  Fernanda e Juliano me pesaram, mediram e apostaram na minha transformação! E eu não decepcionei! Veja as principais mudanças, ao final dos dois meses:

14

A MUDANÇA – A ideia deste “projeto” começou quando senti minhas roupas apertadas, aumento das pernas e quadris (meu ponto fraco, onde logo engordo!). Vivia inchada, cansada e com retenção de líquidos/ toxinas. Claro, tinha exagerado no carboidrato e gordura nos últimos meses, e relaxado nas atividades físicas (festas, viagens…essas desculpas que nos fazem sair da linha).

Foi quando comentei com Juliano que nunca tinha pesado tanto, e ele calculou minha gordura corporal. Susto: tinha batido todos os meus recordes, e o percentual de gordura estava beeeem alto! Ou seja, eu estava uma “falsa magra” – por isso não se pode ir atrás do peso de balança, pois nos ponteiros eu não estava assim “tão ruim”, e nem no espelho – tanto é que várias pessoas me perguntaram “pra que você quer fazer essa locura?”

Para entendermos:

gorduramaxresdefault

Então criamos o projeto de transformação corporal, mudança de hábitos e reeducação alimentar, com o intuito inicial de baixar esta porcentagem de gordura – o número mais importante do nosso corpo, que determina nossa definição muscular e saúde. Alías, muita gente malha, malha, mas não define os músculos, pois eles estão “escondidos” atrás da capinha de gordura.

Não foi fácil, não posso mentir!!! Aliás, se alguma dieta ou treino forem milagrosos, já desconfie! Também sou contra o uso de medicações e de dietas malucas, pois o resultado não é saudável e durador.  A fórmula para a mudança é aliar o trabalho de bons profissionais + empenho e determinação. Ah, e o psicológico conta muito! Há que controlar a ansiedade e fazer aquela afirmação para si mesmo quando bater a vontade de comer algo “errado”: “Só hoje vou resistir…”…e assim vão passando os dias, e você se controlando, até não sentir mais falta. Mais ou menos como um viciado, sabe?!

34
Outra dica é manter a geladeira recheada exatamente com o que a nutricionista pede, e banir alimentos proibidos. Assim, quando bater a fome, você só terá os alimentos “lícitos” a mão. E afirmo que não passei fome, pois me alimentava a cada três horas, e com “comida de verdade”, bem planejada, balanceada e que me trouxe, inclusive, mais energia (nunca meus chutes foram tão fortes nas aulas de muay thai, rsrsrs). Os chás e café também ajudaram, assim como os suplementos – coenzima Q10, Omega 3, Whey Protein e probióticos. Não tive mais dor de cabeça, nem TPM, nem resfriado, nada! (Isso que cheguei a correr na chuva e frio).

Além de tudo, me apaixonei ainda mais por atividade física, que se tornou parte da minha rotina de forma natural, como dormir, trabalhar, enfim, um hábito prazeroso. A auto-estima, a saúde, a energia, a “leveza”…tudo isso melhora significativamente, a ponto de você querer estes hábitos para a sua vida, pois percebe que só te fazem bem!

O que ganhei???? Saúde, qualidade de vida, massa magra, definição muscular, auto-estima, energia. Posso garantir que aqueles minutos de prazer de “chutar o balde”, comer besteira e ficar de pernas para o ar são muito mais passageiros do que se sentir saudável e ativo o tempo todo! Obrigada, de coração, aos meus queridos parceiros Juliano Peçanha e Fernanda Sontag. Agradecimento especial também a loja Jumping Moda Fitness pelos looks que usei neste projeto!

  • Observação: Aqui neste post escrevi de forma pessoal e leiga sobre minhas impressões/experiência com a dieta. Mas vale frisar a importância de procurar a ajuda de profissionais de saúde e nunca fazer nada por conta!

5678910111213corrida

Um pensamento sobre “Como perdi 8 kgs (e gordura!) em 2 meses

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s