Meu look e o que fazer no Rio em pouco tempo

No post desta quarta-feira vou fazer algo diferente: um mix de duas viagens que realizei ao Rio de Janeiro em um curto espaço de tempo (no final de fevereiro, no Carnaval, e agora, em abril). Neste exato momento que escrevo me encontro hospedada na Cidade Maravilhosa, na Barra da Tijuca. Da outra vez, para o Carnaval, fiquei em Copacabana, e registrei alguns passeios bacanas para mostrar à você. Com a correria do dia a dia e outros posts surgindo, acabei guardando no meu arquivo para “juntar” tudo agora. Sendo assim, elaborei esta matéria com dicas rápidas do que fazer no Rio para fugir dos programinhas clichês. Então tem de tudo um pouco: restaurante, cafeteria, visita a um bairro tradicional, passeio com vista para a cidade, caminhada na orla. Ah, e antes, o look que usei ontem (feriado de Tiradentes) para ir ao Barra Shopping almoçar.

346711

ADMIRAR A PRAIA DE UM JEITO DIFERENTE: Tire algumas horinhas do dia para caminhar tranquilamente pela orla de Copacabana, Ipanema e Leblon, na Zona Sul, admirando o jeito carioca de ser. As pessoas andando de bicicleta, passeando com carrinhos, patinando, correndo, tomando água de coco. Vale a pena observar as estátuas de bronze no calçadão, como de Dorival Caymmi, Carlos Drumond de Andrade, Ary Barroso, Siqueira Campos. Depois, conheça uma das vistas mais bonita de Copacabana, Ipanema e Pedra da Gávea, e com sorte, ao som de saxofone ou outros instrumentos de artistas pelo pátio do Forte de Copacabana. De quebra, visite o museu militar e tome um café na filial da Colombo (melhor ainda no pôr-do sol!!!).

IMG_0467IMG_0459IMG_0466IMG_0472

IMG_0470

CAFÉ AO ESTILO EUROPEU:  E por falar na Confeitaria Colombo, sinta-se na Europa degustando um café sob a cúpula iluminada de sua matriz, no coração do Rio de Janeiro. A casa, com mais de 100 anos de história, é ponto obrigatório para os turistas, que ficam encantados com seus distintos ambientes: Restaurante Cabral, Bar Jardim e Restaurante Cristóvão. É de impressionar a decoração muito bem conservada, com imensos espelhos originais de cristal, trazidos da Europa, afrescos dourados e piso de mosaico.

IMG_0653IMG_0647IMG_0651IMG_0724

APRECIAR A PAISAGEM DE OUTRO ÂNGULO: Ao invés de Cristo Redentor ou Pão de Açúcar, por que não contemplar o Rio de Janeiro de um ângulo diferente do convencional? A Vista Chinesa, mirante em estilo chinês localizado no bairro do Alto da Boa Vista, dentro da Floresta da Tijuca, proporciona uma bela imagem de importantes pontos turísticos da capital carioca, e sem muito tumulto de turistas. A estrada que leva ao local também é muito bonita e vale a visita.

IMG_0614IMG_0611IMG_0608IMG_0640

ARQUITETURA E HISTÓRIA: Como o Rio não é só feito de praias, é importante conhecer seus prédios históricos, bairros tradicionais e sua cultura. Uma caminhada pelo centro da cidade já proporciona admirar a Catedral São Sebastião, o Convento de Santo Antônio, o Teatro Municipal, Edifício Mozart, dentre outros. Perto do centro fica a Lapa e seus famosos Arcos, o Circo Voador (por onde já passaram grandes artistas) e a Escadaria Selarón (já mostrei outra vez aqui). Observe que na boêmia Lapa e em Santa Tereza há várias pinturas nos muros e fachadas de prédios.

IMG_0667IMG_0669IMG_0675IMG_0678IMG_0691IMG_0702IMG_0704

COMER BEM E BADALAR: Para jantar ou almoçar, nada melhor do que escolher um dos charmosos e concorridos restaurantes do Leblon (que tal ainda dar de cara com uma celebridade? Bem possível!). Os mais descolados e famosos são: Sushi Leblon (de comida japonesa), Quadrucci (italiano, de massas e risotos), Téréze (comida contemporânea), Antiquarius (comida portuguesa), Zuka (frutos do mar), Celeiro (comida natureba a quilo), Briggite (comida contemporânea). Nós escolhemos o Quadrucci, e pedimos um dos pratos tradicionais  da casa: o nhoque de funghi, gratinado com queijo Grana Padano. Para acompanhar, caipilé de uvas verdes e picolé de limão, uma delícia!!!!

IMG_0519IMG_0523IMG_0522IMG_0526

CAIR NO SAMBA: Não tem como visitar o Rio de Janeiro sem ir sequer uma vez ao Rio Scenarium cair no samba, comer petiscos locais e apreciar a decoração inusitada dos três andares de uma das casas noturnas mais famosas da Lapa (reúne cerca de 2 mil pessoas a cada festa). Como o próprio site explica, é um “espaço privilegiado do samba, da MPB, do choro, do forró e da gafieira na noite carioca, e reforça o processo de revitalização cultural do Centro Histórico do Rio Antigo”. Vale muito a noitada!!!

IMG_0582IMG_0583IMG_0586

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s