Designer cria couro com sobras de abacaxí

Já pensou em sair por aí com um tênis feito de resto de abacaxí? E uma jaqueta ou bolsa do material? Pois a designer espanhola Carmen Hijosa realizou esta proeza de transformar as fibras do caule e folhas da fruta na confecção de fibras de tecido sustentável. O processo é bastante simples: as folhas são descascadas, as fibras são separadas e encaminhadas para o processo industrial, até tornarem-se produto têxtil. O resultado? Um tecido encorpado e durável, semelhante ao couro, também podendo ser tingido, impresso, tratado, texturizado e manipulado.

O “couro ecológico de abacaxí” já foi testado em calçados, bolsas, jaquetas e até estofados! Para produzir um metro quadrado de tecido são necessários cerca de 480 folhas, o que é equivalente ao subproduto de 16 abacaxis. A empresa de Carmen, Ananas Anam, patenteou o couro com o nome de Piñatex e o apresentou em Londres em dezembro de 2014. Na ocasião, em entrevista ao The Guardian, a designer comentou que a alternativa substitui com consciência o couro animal, já que é baseado na preocupação social e ecológica. A tendência é esta moda pegar e as marcas aderirem à ideia, assim como a Puma já fez. Que tal?!

pinatex-designpinatex-pumapinatex-design4pinatex-design6pinatex-design3pinatex-design5pinatex-design2

2 pensamentos sobre “Designer cria couro com sobras de abacaxí

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s