Tratamentos estéticos que “diminuem” a idade

Atire a primeira pedra que nunca, nunquinha mesmo, se olhou no espelho, encontrou alguma “marca” inédita na pele e se chateou! Ou então quem se viu em uma foto e pensou “nossa, mas esta ruga aqui aumentou”. Não importa se é aos 30, 40 ou 70 anos, os sinais do tempo infelizmente tendem a aparecer e a aumentar quando não tomamos atitudes, já que são muitos fatores atuando contra a gente: a gravidade, os raios solares, as mudanças no organismo, fatores externos como a poluição, etc. E um dos grandes responsáveis pela flacidez e, consequentemente, pelo aparecimento de uma expressão mais “caída”, é a privação de colágeno – proteína responsável por unir e fortalecer os tecidos.

Mas de que forma podemos fazer nossa parte? Além das práticas fundamentais como alimentação saudável, ingestão de água e uso de protetor solar, recursos estéticos não invasivos também são ótimos aliados para melhorar a saúde e beleza da pele. Um deles é a Radiofrequência, que através da geração de calor e ondas de alta frequência no tecido subcutâneo induz a produção de novas fibras de colágeno e elastina, melhorando o aspecto, viço e luminosidade da cutis.

Na tarde desta segunda-feira fui saber mais a respeito desta técnica – uma das mais procuradas por mulheres e homens em clínicas estéticas – com Paloma PereiraSuperior Tecnóloga em Estética e Cosmetologia, e Especialista em Dermopigmentação Estética e Paramédica. Segundo a profissional, a radiofrequência é indicado para flacidez de pele, rugas, linhas de expressão, cicatrizes da acne. “É uma das tecnologias que apresenta os melhores e mais rápidos resultados, age através do aquecimento controlado e preciso das estruturas do tecido cutâneo”, explicou, frisando que o tratamento é indolor.

A cada sessão a temperatura da pele é elevada até 39°C a 42°C, durante cerca de 14 minutos. “Para cada cliente é avaliado o tempo de intervalo de cada sessão, que dura em média de 20 a 30 minutos”, fala a esteticista, revelando que os resultados já aparecem depois da terceira aplicação. Paloma fez minha primeira sessão de radiofrequência e  para complementar o tartamento aplicou em meu rosto uma máscara de ouro (uau, a gente fica poderosa! hehe). Esta máscara é usada como coadjuvante nos tratamentos estéticos faciais, para hidratar, estimular o metabolismo cutâneo, combater a dermoporose (perda de cálcio na pele), repor estrógenos por meio dos fitormônios da soja, estimular o preenchimento (reduzindo as rugas) e melhorar o viço da pele. Eu adorei e já senti a diferença!

123456891112714foto 5 (4)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s