Noite cubana com franjas e acessórios poderosos

Uma das noites mais divertidas e diferentes que passei em Cartagena (Colômbia) foi no famoso e imperdível Café  Havana, bem na esquina das calles Media Luna e Guerrero, em uma região boêmia do bairro Getsemani. A decoração do lugar, ao estilo cubano, já impressiona de cara: ambiente escuro, quadros de artistas espalhados pelas paredes, bandeirolas penduradas, um bar central repleto de mojito e outras bebidas típicas, além de fotos gigantes bem humoradas – inclusive no toalete, com uma imagem de uma arma sendo apontada para quem chega. Tudo isso animado pelos ritmos caribenhos como salsa e rumba, muito bem executados ao vivo por bandas e dançados por casais de frequentadores. Sentamos na “barra” (bar), pedimos uma porção de “fritos cartageneros”, que incluem as tradicionais “arepas”, espécie de ovo frito a milanesa, e degustamos mojitos de limão e de morango. Soube que o mesmo foi feito pela ex-primeira dama dos Estados Unidos Hillary Clinton em abril de 2012, assim como por diversos famosos que já passaram pelo Cafe Havana.

Como look para esta noite escolhi um vestido de decote canoa e franjas, sandália de salto alto, brinco e anel de pedras pretas, da Sempre Acessórios, de Santa Cruz do Sul – tinha levado estas semi-joias na mala justamente pensando em algo mais poderoso para uma noite igualmente em alto estilo. Acabei prendendo os cabelos em um coque alto, para ficar mais a vontade e não passar tanto calor (em Cartagena faz mais de 35 graus!), sem perder a elegância. Depois de pronta, antes de sair para a noitada, fiz umas fotos na área social do nosso hotel (Kartaxa), que tinha ambientes temáticos peculiares, remetendo a uma mescla dos anos 30 do cinema internacional e da cultura caribenha. Veja só:

123456879101112131415161718192021222324

 

Calçados da Zartele + looks para arrasar no verão

Chegou o final de semana e aquela vontade de se arrumar, de colocar um sapato novo e sair para se divertir. E que tal arrasar com um modelo recém saído “do forno” para a primavera/verão? A loja Zartele  – ex-Datelli, na Rua Júlio de Castilhos, 259, em Santa Cruz do Sul – está cheia de novidades para esta temporada, com opções para todos os gostos e ocasiões – e inclusive com preços bem convidativos! Aproveitei um dia ensolarado desta semana para fotografar com algumas destas lindas peças na praça Getúlio Vargas, cartão postal da cidade, que fica justamente em frente à loja. Queria levar todinhos para casa, já que realmente é difícil apontar um preferido!!!!

Me encantei com as sandálias casuais com salto anabela de cortiça, principalmente de couro trançado e com amarrações de tecido. Também com as sandálias elegantes para a noite, em couro clássico, croco, com acabamento metalizado ou de pedrarias, cristais e brilhos, um charme só! Destaco ainda modelos que trazem fivelas, recortes e tramados inusitados, franjas, correntes e detalhes de metal no salto, seja modelos tradicionais ou hits da vez, como as gladiadoras.

Para quem deseja total conforto, a Zartele traz às suas prateleiras lindas rasteiras com cristais, sapatilhas clássicas e outras modernas com amarrações no tornozelo e os atuais birkens (de solado anatômico), com tiras duplas e fivelas, chinelinho ou tiras cruzadas. Vale a pena conferir de perto todos estes modelos e escolher o que mais te agrada, além de dar uma espiadinha nas bolsas. Ah, as marcas com as quais a loja trabalha são Ferrucci, Ana Paula, Naturalli, Zartele e Morena Rosa. Fica a dica!!!

1234567891011

121314151617181920

2122232425262728293130323334353637383940414243444546474849

 

Vestido tapeçaria para visitar teatro colombiano

Depois de belos e ensolarados dias em Cartagena de Índias, voltei para o Brasil cheia de histórias para contar, centenas de fotos e lembranças inesquecíveis de mais uma viagem concretizada. Foram dias incríveis, na companhia do marido, com visitas a lugares mais variados possíveis: as ruelas coloridas do Centro Histórico, praias caribenhas de água turquesa, restaurantes divinos, um bar animadíssimo de salsa, teatro, castelo, forte e convento, além do convívio com um povo de hábitos peculiares e cultura riquíssima. Amei tudinho, e separei por partes vários pontos altos do tour para mostrar no blog – como já contei semana passada sobre os pontos turísticos nos arredores da “Cidade Amuralhada” .

Hoje o tema é um dos lugares “mais europeus” de Cartagena: o Teatro Heredia, oficialmente Adolfo Mejia Theater. Localizado no Centro Histórico, possui luxuosas escadarias de mármore (trazidas da Itália por navio), pinturas na nave central e ao fundo do palco, cadeiras douradas revestidas de veludo, estátuas e uma fachada impressionante, digna de muitos cliques! E foi justamente o que fiz, fotografei meu look da visita bem em frente ao teatro e suas portas, para registrar este magnífico local. A roupa escolhida foi um vestido estruturado com estampa de tapeçaria, com toque um pouco mais formal, sem deixar de ser confortável e jovial – a peça é da marca Chita Brasil (www.chitabrasil.com.br), que tem justamente esta proposta “elegante e cheia de estilo”.

O que achei mais bacana da vista foi saber que a construção do Teatro Heredia começou em 1906 sobre as ruínas da Igreja de La Merced (de 1625), com design italiano inspirado no Teatro Tacon, de Havana, Cuba. Sua inauguração foi em 11 de novembro de 1911, para marcar o primeiro aniversário da independência de Cartagena de Índias da Espanha. O nome homenageia Pedro de Heredia, conquistador espanhol e fundador da cidade de Cartagena de Índia. A seguir, s fotos que fiz por lá:

IMG_7170IMG_3379IMG_3381IMG_7166IMG_7167IMG_7172IMG_7173IMG_7168IMG_7176IMG_7177IMG_7178IMG_7179IMG_7180IMG_7181 IMG_7184IMG_3377IMG_7174IMG_3380IMG_7185IMG_7162teatro 1IMG_3372IMG_3376IMG_3371

Veja o passo a passo de um `cabelo selvagem´

Esqueça a chapinha, a escova e qualquer recurso que deixe os cabelos muito certinhos e disciplinados. Uma das fortes tendências para esta primavera/verão é justamente madeixas desalinhadas, despretensiosas, com cara de praia. O ondulado natural e despojado, também conhecido como “beach waves” desde a década de 80 (quando Brooke Shields exibiu cabelos desejáveis no filme “Lagoa Azul”), vão bem em fios crespos, médios, longos e de todas as tonalidades possíveis, além de ser fácil de se conseguir. Para incrementar o visual do momento, vale ainda investir em mechas claras ou de vários tons, sempre cuidando para manter os fios bem hidratados. Com a ajuda do profissional Mariano Mora e da linha Tecni.Art, a L’Oréal nos ensina o passo a passo para entrar nesta “onda”:

1- Seque os cabelos cerca de 80% e aplique PLI (spray fixador para volume). Depois passe uma ou duas nozes de SCRUFF ME (gel para efeito “desgrenhado”.

236026_442759_passo_1

2 – Divida os cabelos em secções triangulares e crie cachos, enrolando as mechas em toalhas de papel.

236026_442760_passo_2236026_442761_passo_2.1236026_442762_passo_2.3236026_442763_passo_2.4

3 – Quando o cabelo estiver todo enrolado, seque-o com secador ou difusor, e comece a retirar as toalhinhas.

236026_442765_passo_3.1

4 – Solte as mechas e trabalhe-as com as mãos, desembaraçando-as suavemente para dar uma textura selvagem aos fios.

236026_442766_passo_4

Se quiser ainda mais volume, passe as mãos nos cabelos com a cabeça para baixo (pode usar pequenos jatos de ar do secador para criar este efeito de volume)

236026_442767_passo_4.1

DICA: para deixar os fios mais macios e os cachos com mais brilho, aplique algumas gotas de silicone (MYTHIC OIL).

Produtos utilizados:

SCRUFF ME – Geleia de efeito desalinhado. Dá movimento aos cabelos, sem toque áspero. Fixação de até 24 horas.
PLI – Spray termo-modelador. Loção translúcida, perfeita para criar e desenvolver memória de cachos e ondas.

236026_442756_look_final_wild_1

Top + saia de tricô leve para tour em Cartagena

No segundo dia em Cartagena (Colômbia) nos programamos para conhecer pontos turísticos que estão fora da “Cidade Amuralhada” – Centro Histórico, como o Castelo de San Felipe de Barajas, os modernos bairros Boca Grande, Castillo Grande e El Laguito, o Forte San Sebastian de Pastelillo – onde está o Club de Pesca – e o Convento de la Popa, com a vista mais linda para a cidade, que é grandona, com mais de 1,5 milhão de habitantes! Acordamos cedo, tomamos café, combinamos o tour na recepção do hotel com um taxista de confiança, e então saímos para mais um dia na charmosa Cartagena de Índias.

Antes de mais nada, escolhi cuidadosamente meu look, pensando no calor de 34 graus que enfrentaríamos: queria vestir algo feminino, delicado e confortável. O eleito foi um conjuntinho rosa candy composto de top + saia godê de tricô artesanal leve, confeccionado pela artesã Renata Lima, do ateliê Flores de Lima, de Porto Alegre (http://www.floresdelima.com.br/), muito fofo e supertendência para este verão. Achei que foi uma boa escolha, pois o material não esquentava, e ao mesmo tempo a saia não voava – parece besteira, mas a pior coisa em viagem é passar o tempo cuidando para a saia ou vestido não levantar com o vento, principalmente em pontos turísticos mais “altos” ou à beira mar. Já “caí” nesta e agora sempre tomo este cuidado.

A primeira parada foi nos bairros modernos já citados, onde estão prédio altos, novos e caros, além de escritórios, comércio, a sede do exército e mansões. Depois seguimos para o Club de Pesca, entidade formada por pescadores em 1939, onde atualmente funciona um elegante restaurante rodeado de iates e de uma vista incrível. Neste local está o Forte de San Sebastián del Pastelillo, usado no passado para defender a cidade dos “piratas do Caribe”, mesma função do muro que cerca o centro histórico. Na sequência, subimos o serro La Popa, ponto mais alto de Cartagena, de onde se tem uma verdadeira tela como paisagem. Lá no alto está o convento colonial de mesmo nome, construído entre 1609 e 1611. Para encerrar, conhecemos o Castelo de San Felipe de Barajas, maior obra militar espanhola no Novo Mundo, que teve papel importante em várias guerras, e atualmente é o ponto turístico mais concorrido de Cartagena. Todos valem a visita!

1234568910111213141516171819

2122

Look do primeiro dia em Cartagena, Colômbia

Depois de algumas horas de vôo, conexões por Lima (Peru) e Medellín (Colômbia), finalmente cheguei a Colômbia para realizar um sonho que tinha há alguns anos: conhecer Cartagena de Índias, capital do departamento de Bolívar!!! Soube através de uma professora do mestrado que morou aqui, que a cidade era bem diferente de qualquer outra, com casas colonias coloridas, varandas floridas (chamadas “balcões”) e uma energia contagiante. E não é que na noite em que chegamos (eu e meu marido) já comprovamos tudo isso de cara??!!! Ao som da animada “cumbia colombiana”, que saía de lojas e carros, percorremos a pé algumas ruelinhas do Centro Histórico de Cartagena, que está protegido por uma muralha de 11 km de extensão desde a época da sua colonização espanhola, em 1533.

Declarada Patrimônio Nacional da Colômbia, em 1959, e Patrimônio da Humanidade pela Unesco, em 1984, Cartagena foi reconhecida como a quarta maravilha do país. Em 1968 suas famosas ruelas foram cenário para o filme “Queimada”, estrelado por Marlon Brando, que morou por quase 1 ano na cidade, enquanto rodava a película com uma equipe de cerca de 150 pessoas. Cartagena é também o local onde morou o escritor Gabriel Garcia Marquez. O quinto maior município da Colômbia é, de fato, gracioso, inusitado e turístico, com um povo acolhedor, músicas “calientes”, arquitetura original, diversos restaurantes de comida predominantemente agri-doce, clima quente e muita alegria. Estou adorando!!!!

PS: Fotografei meu primeiro dia de passeio por Cartagena para mostrar a vocês, usando vestido leve com estampa de folhagem, rasteira e colar que lembra esmeraldas e pérolas (duas pedras localmente muito comercializadas). Veja só:

1234567891011121314161718202122232425

Look e dica de restaurante em Brasília

No fim de semana fomos conhecer um dos restaurantes hits de Brasília, o Coco Bambu do Lago Sul, no Icone Parque. Nesta unidade do restaurante cearense no Distrito Federal a vista é para o Lago Paranoá, com uma varanda superaconchegante, além de um espaço interno surpreendente, decorado com madeira, folhagens e luz baixa. A comida é um espetáculo a parte, e vem rapidinho!!! Pedimos “Camarão Delícia”, recomendado por um guia local, que acertou em cheio nosso gosto! O prato era composto, além do fruto do mar, de molho branco, queijo e bananas, além de batatas e arroz. Tomamos um vinho espanhol rosé geladinho, já que a noite estava quente, pedindo uma bebida refrescante. Deixo como dica o Coco Bambu para quem for a Brasília!!! Ah, o restaurante também tem unidades em São Paulo, Salvador, Goiânia, São Luís e Teresina, mas nestes sem a vista linda para o lago. Veja meus cliques – eu usando saia bege, blusa preta com renda dourada e botinha:

foto 2 (3)foto 1 (3)bsb-shopping2foto 1 (4)

lago-sul1foto 2 (4)foto 3 (4)foto 4 (2)foto 1 (2)foto 2 (1)foto 4 (3)foto 5 (1)