Disco pant para a Stock Car de Santa Cruz

O final de semana foi agitado em Santa Cruz do Sul. A cidade sediou uma das etapas da Stock Car, que atraiu milhares de pessoas de todo o Brasil para o Autódromo Internacional, no Parque de Eventos. Fui assistir à corrida na tarde deste domingo com meu marido e meus pais, a convite da chocolates Harald, representada pelo piloto Diego Nunes, de São Paulo. No mesmo box onde acompanhamos toda a função de pertinho, estava o piloto Denis Navarro, da Vogel Motosport. Achei incrível a experiência, ainda mais em um dia lindo de sol e calor, com pessoas animadas, o ronco dos motores e o clima de torcida. Como look, escolhi uma disco pant, calça elástica de cintura alta, releitura da década de 70 que voltou com tudo ao cenário fashion + top cropped, bota e bolsa a tiracolo. Aliás, ao final do post deixo mais algumas sugestões de como usá-la, além da minha produção!

11a355a789101112calca-disco-pant-e-famosasdesenroladas-disco-pants-croppeddisco-pant-680x1024picmonkey-collage233wpid-05171

Look: mistura de pied de poule e pied de coq

O mix de estampas simboliza ousadia, modernidade, estilo. Mas nem sempre estamos acostumadas ou preparadas para misturas “radicais”, certo?Então uma maneira sutil de coordenar prints sem errar ou chamar atenção é escolher os “semelhantes”. Como assim? Por exemplo, poá miúdo com poá grande; flores iguais, mas em cores distintas; listras verticais e horizontais; oncinha de proporções diferentes; pied-de-poule (pé de galinha, menor, mais delicada) com o pied-de-coq (pé de galo, grafismo maior).

Estas últimas estampas, espécie de xadrez preto e branco, apareceram no guarda-roupa feminino graças à Coco Chanel, e se tornaram clássicas (ainda mais no inverno, em tecidos grossos). Para atualizá-las, experimente misturá-las em um mesmo look, uma forma criativa e discreta de entrar nesta tendência. Foi o que fiz na produção do último fim de semana, com uma saia de lã pied-de-poule e um casaqueto de tweed pied-de-coq, com gola de pele. Para modernizar ainda mais o look, optei por minha bota cut out de solado grosseiro (minha recente paixão!), que dá aquele ar “rebelde” e tira a seriedade do tradicional xadrezinho. Que tal?

123456789

Look do dia: tricô com estampa de ursinho

Desde que a Moschino lançou sua coleção inverno 2016 em Milão, com print do ursinho Teddy, muitas estampas fofas começaram a surgir em blusas de lã, T-shirts, cases de celular e até em bolsas e acessórios – aliás, o diretor criativo da grife, Jeremy Scott, tem emplacado uma série de hits inovadores, como peças com o logotipo do McDonald´s e da Barbie. Um verdadeira volta à infância e àquele sentimento gostoso de nostalgia – lembrei de quando minha avó tricotava suéteres com desenhos dos meus personagens favoritos. Ao mesmo tempo, já que somos crescidas, devemos cuidar para não infantilizarmos o look. Como evitar? Misturando ursinhos com peças mais sérias, como, por exemplo, uma camisa, uma bota mais grosseira, algum elemento de couro (o couro é relacionado ao estilo “sexy”/ousado). Foi o que fiz na minha produção: usei justamente estes elementos, e ainda um óculos de sol “perua” (hehe) e uma bolsa clássica de matelassê. Um mix de propostas e materiais para equilibrar o visual. Gostou?

foto 3 (8)

235678910

gettyimages_464552806mosch1mosch2mosch3

Meu look para apresentar o Fashion Day

Na noite da última quarta-feira (10) apresentei o concorrido Fashion Day, evento de moda e beleza em prol da Liga Feminina de Combate ao Câncer. O público feminino lotou a West, em Santa Cruz do Sul, para assistir ao desfile da Dublin Store e da Cabelos e Arte. A primeira apresentou sua coleção “Mulheres”, contemplando todos os estilos – de camisas e sais lápis para executivas, até vestidos ousados para as baladeiras. Já a segunda mostrou variações de colorações e mechas loiras, bem como penteados para festas. A noite estava incrível: teve coquetel, espumante, tendências e badalação. Eu vesti um macacão preto da Dublin Store, da grife Alphorria. A produção dos cabelos (coque alto com acessório de cristais) e maquiagem foi assinada pela Cabelos e Arte. Veja meu look:

Fotos (de 1 a 5): Daiana Fuelber

234568

911121413

 

Look: como quebrar a sobriedade do preto?

Frequentemente minhas clientes, leitoras e amigas lançam a dúvida sobre “o que fazer para não andar sempre de preto no inverno?”. De fato, nas estações frias tendemos a optar por cores escuras, talvez porque as coleções assim se apresentam nas vitrines e editoriais, ou porque culturalmente já associamos o inverno à austeridade. Sendo por um motivo ou outro, podemos, sim, quebrar paradigmas e experimentar pitadas de cores nos looks das estações de temperaturas baixas. Uma alternativa bacana é usar estampas vivas, como o floral, por exemplo, ou acessórios vibrantes, como golas, cachecóis, óculos de sol espelhado ou até mesmo um batom bem vivo.

Para não exagerar, a dica é escolher uma “base” neutra, como calça preta, meia calça preta ou até mesmo um jeans, e uma blusa, sobre legging ou vestidinho com cores. Aliás, por falar em meia calça preta, essa é uma peça fundamental para o guarda-roupa feminino no inverno. Na Europa basta dar uma voltinha pelas ruas para observar a unanimidade da dobradinha meia calça preta + saia/vestido. E fica um charme só, muito estiloso e prático. Eu sou fã, e geralmente arremato com uma bota, seja curta ou longa (para o dia a dia vale também sapatilhas).

Aproveite ainda a sobreposição do inverno para brincar com a moda “hi-lo¨, o que há de mais forte no momento. Hi-Lo é uma abreviatura para a expressão “high and low”, isto é, “alto e baixo”, um conceito de moda que tem como principal característica a mistura de peças sofisticadas e outras mais básicas, ou seja, itens luxo com elementos mais baratos, que podem ser encontrados, inclusive, em lojas populares e brechós. Vale misturar tecidos tradicionais com tecnológicos, ou couro com seda, por exemplo. Não existem mais ditaduras sobre o que se deve usar ou não, desde que as pessoas saibam bem a imagem que estão produzindo. O bom senso é essencial, e o espelho é nosso melhor aliado!

1245678

Tarde de beleza e consultoria de imagem

A última sexta-feira foi dia de dar aquele “up” no visual em um evento de beleza preparada pela equipe da Cabelos e Arte, de Santa Cruz do Sul. As meninas ofereceram 50% de desconto nos serviços, além de espumante, comidinhas e um clima agradável para antigas e novas clientes. O Moda na Mala esteve por lá dando dicas de beleza e moda, além de realizar o teste de colorimentria, que aponta a cartela de cores adequada a cada rosto, dentre tons frios ou quentes, opacos ou luminosos, claros ou escuros – sabendo quais tons valorizam sua expressão facial e disfarçam linhas do tempo, fica mais fácil acertar maquiagem, roupas e acessórios. Falamos ainda sobre tendências para o inverno 2015, como o batom vinho e unhas stiletto (pontiagudas). Ah, e tudo isso foi registrado, inclusive o “look do dia” (um vestido estampado). Veja os cliques:

foto 2 (6)foto 1foto 1 (9)foto 2foto 1 (8)foto 4 (4)foto 1 (7)foto 3 (5)foto 2 (5)foto 1 (3)foto 1 (1)foto 1 (4)foto 2 (4)foto 1 (10)foto 1 (11)foto 2 (1)foto 3 (6)foto 2 (3)foto 1 (5)foto 4 (6)foto 3 (4)foto 3 (7)

Para copiar: 60 looks das vitrines da Europa

Uma das dicas que sempre costumo dar quando falo de moda é a de buscarmos inspirações e referências de tendências e looks em sites, blogs, redes sociais, revistas e nas vitrines das lojas. Eu, particularmente, presto bastante atenção no que vejo por aí, pois sempre consigo aproveitar alguma informação fashion, alguma maneira de usar determinada roupa, de combinar peças. No meu útlimo tour na Europa, como já faço de costume quando viajo, fotografei várias vitrines com looks de inverno para me inspirar. Claro que lembrei do Moda na Mala e de você, querida leitora, e guardei todas as imagens para mostrar agora que esfriou aqui pelo Hemisfério Sul.

Fiz uma seleção de vitrines de Viena (Áustria), Munique (Alemanha), Innsbruck (Áustria), Zurique (Suíça), Cracóvia (Polônia), Bratislava (Eslováquia) e Vaduz (Liechtenstein), locais por onde passei. As lojas exploraram bastante as saias e vestidos com meia calça grossa, blusões de tricô, casacos de pele e de lã, calças, couro e renda. Na Europa as mulheres usam roupas bastante femininas e elegantes, misturando tecidos fluidos e transparências com peças de textura e estilo mais pesado. Os acessórios também são valorizados, como colares e gravatinhas. Já as bolsas médias e as mini bags (pequenas) estão em alta, em modelos retos, mas com detalhes e cores diferentes. Veja as imagens e inspire-se para os dias frios no Brasil!!!

IMG_6263IMG_6267IMG_6264IMG_6270IMG_6265IMG_6268IMG_6282IMG_6283IMG_6266IMG_6284IMG_5251IMG_5460IMG_5462IMG_5463IMG_6071IMG_6073

  • IMG_6424IMG_6084IMG_6086IMG_6087IMG_6089IMG_6090IMG_6092IMG_6094IMG_7456IMG_7489IMG_7296 (2)IMG_7297IMG_6095IMG_6097IMG_6099IMG_7458IMG_6100IMG_6422IMG_6565IMG_6566IMG_6748IMG_6749IMG_6919IMG_6920IMG_6924IMG_6928IMG_6929IMG_6580IMG_6579IMG_6578IMG_6576IMG_6560IMG_6559IMG_7457IMG_6573IMG_6572IMG_6563IMG_6570IMG_6571IMG_6569IMG_6567